domingo, 6 de junho de 2010

Toda gordinha, pode ser modelo?


Top Model Plus size Brasileira: FLÚVIA LACERDA Ela é linda né gente!!? Uma verdadeira inspiração para todas nós!!!





Hoje quero abordar um tema bastante polêmico mas que eu não terei problemas em falar no assunto, pois acho justo lidarmos com a verdade e com a realidade.
Como muitos de vocês já sabem eu comecei como modelo plus size há aproximadamente
1 ano, porém ainda me considero iniciante na carreira, pois temos modelos muito mais experientes e que já estão na carreira há muitos anos e que já fizeram inúmeros trabalhos.
Muitas meninas me procuram querendo saber como se tornar uma modelo plus size, E elas sempre me perguntam: o que fazer? , como começar? , qual o cache de uma modelo?, Se elas tem chances? , enfim muitas são as dúvidas e os sonhos dessas meninas
em serem modelos mesmo estando acima do peso, uma modelo plus size, muitas procuram por sonho, por auto estima e até mesmo por grana. Eu fico muito preocupada com este universo plus size, pois acredito que esteja se criando um falso idealismo, com certas doses de puro ilusionismo e pior muitas vezes estamos lidando com sonhos, com auto estima, com aceitação e até mesmo com preconceito. E me preocupa sim porque por mais que todo esse movimento seja muito válido porque estamos conquistando nosso espaço, nossos ideais, sonhos, projetos, estamos conseguindo mudar conceitos, quebrar regras, e padrões impostos pela sociedade e pela mídia , nos aceitando mais, nos amando, sendo felizes mesmo estando acima do peso, e assim acabamos por cuidar mais do nosso corpo, da nossa saúde, porque nos amamos de fato! Tudo isso é louvável!!
E importantíssimo, eu fico muito contente com este resultado e é gratificante ver meninas que antes tinham a auto estima totalmente abaladas hoje estão ai se cuidando, se valorizando e tudo mais. Isso é mtoooo legal!
Porém preciso alerta-las com as falsas promessas do mercado plus size que como esta crescendo há muitos picaretas que estão de olho neste mercado justamente pela fragilidade das meninas gordinhas, acabam querendo se aproveitar com promessas de trabalhos como modelo. É um mercado que está se desenvolvendo, no Brasil ainda tem muito que crescer em comparação ao mercado de modelos plus size no exterior, porém por aqui as coisas estão começando a acontecer por isso todo cuidado e atenção é pouco, porque este é o momento onde aparecem oportunistas, trazendo projetos mirabolantes , e promessas de trabalho garantido, não caia nessa!! Porque trabalho certo para uma modelo plus size não existee, recebemos por cache, tem meses que fazemos vários trabalhos e vezes que passamos vários meses sem nenhum trabalho, é incerto, é instável, não da para se viver no Brasil como modelo plus size, nem tente entrar no ramo se você idealiza ganhar dinheiro porque a principio você quase paga para trabalhar, claro que nossa
Top Flúvia Lacerda é um das nossas maiores inspirações, e sei que ela está aqui no Brasil lutando contra isso, contra a desvalorização da modelo plus size em prol de melhores caches e de reconhecimento pelo nosso trabalho, porque concordo com ela quando ela diz que merecemos muito mais por um trabalho para um catálogo,desfile etc.
Há grifes que contratam modelos iniciantes e não lhe pagam caches e sim pagam a modelo
com roupas da própria loja, eu não acho isso justo, merecemos caches bons, e não uma roupa, que para a dona da loja sai quase que custo zero, enquanto elas enriquecem as nossas custas nós acabamos nos contentando com uma mísera roupinha da moda, vocês não acham que isso é uma total falta de desvalorização do seu trabalho ??? Eu acho!!! mas infelizmente isso acontece e muitoooo, principalmente para meninas que iniciam no mercado e precisam de oportunidades para se divulgar e criar nome no universo plus size, porém isso não acontece com modelos magrinhas, porque será?? Temos que lutar pela igualdade dos direitos, mas para que isso aconteça precisamos sim nos valorizar. Acredito que as vezes nós mesmas, modelos plus size nos desvalorizamos quando aceitamos trabalhar em troca de roupas, ou por míseros caches, se continuarmos dessa forma daqui um tempo não muito longe, iremos trocar trabalho por comida, e isso é inadmissível. E acabamos que esquecemos que estamos trabalhando e que como qualquer trabalho tem que ser remunerado exige experiência, preparo, cuidados e tudo mais.
Enquanto houver modelos aceitando esse tipo de troca que não valorize nosso trabalho haverá oportunistas aproveitando da nossa imagem, e enriquecendo as nossas custas.
Isso é absurdo!
Para meninas que pretendem ingressar na carreira minha dica é: Não se iluda achando
e acreditando que vai se tornar uma top plus size para você ser modelo vai além de beleza, você precisa de requisitos como: simpatia, fotogenia, carisma, tem que se cuidar, caminhar, malhar, manter o corpo gordinho durinho, cuidar da pele, evitar virar a noite para não ficar com olheiras, cuidar das unhas, ter um cabelo bonito e bem tratado, ter uma alimentação mais balanceada, além de SORTE!! É o mercado funciona assim. E se você preencher de fato todos esses requisitos, suas chances crescem daí é só “correr atrás” e agarrar as poucas e pequenas oportunidades, tendo cuidado sim com as falsas promessas, ler os contratos com as agências, buscar informações dos profissionais etc.
Sim é verdade, nem toda gordinha poderá ser uma modelo plus size, tem pessoas que não levam jeito, não possuem os requisitos ou simplesmente não nasceram para a coisa,
e não deve ser por isso que você deve desanimar, nem deixar de lado seus sonhos, projetos, pois tenho certeza que todas são lindas e que cada uma tem uma vocação, o que não posso de forma alguma é chegar aqui e escrever o que muitas de vocês gostariam de ler: “corram atrás do seu sonho, vocês todas levam jeito...” seria o mesmo que brincar com o sonho de vocês, mas eu não estou aqui para ser mais uma a iludir vocês, quero que encarem isso como uma realidade, que não sou eu que estou impondo isso e sim a sociedade, a carreira e as agências, eu só estou passando um pouquinho do que já vi e vejo nesta profissão. E ainda para aquelas que podem se tornar uma modelo plus size o universo de uma modelo não é fácil, vocês tem que estar preparadas para o lance da auto Confiança , do amor próprio pois assim como qualquer outra modelo, serão chamadas para castings, se submeteram a seleções em que por mais que sejam lindas, terão que se acostumar a levar muitos “NÃO” e lidar bem com isso e o fato de vc levar uma resposta negativa não siguinifica que você é feia e sim que você não preencheu o perfil do cliente, e que o “não” faz parte desde o momento em que estamos em um processo de seleção. Não deve desanimar nem mesmo desistir, novas oportunidades sempre irão surgir!!! E uma hora chegará a sua vez!! Além de lidar com o lance do preconceito que ainda é muito grande, tem que ter uma cabeça boa para lidar com as criticas,piadinhas e situações em que coloque você em alguma situação difícil.
O importante é trabalhar sua auto estima sendo você modelo plus size ou uma mulher lindaacima do peso, se cuidar , se amar, se aceitar e ser feliz independente do seu Corpo e do preconceito em que vivemos na sociedade. Se valorizar seja como modelo
ou como mulher (mãe , esposa...) , não permitir que te desvalorizem como profissional (modelo,atriz ... ) E ainda que as oportunidades como modelo nunca aconteçam não se sintam inferior a nenhuma outra mulher, somos lindas, cada qual no seu estilo, cada qual no seu tamanho, não serão os quilos a mais que irá lhe transformar em uma mulher feia. Vc é linda independente de tamanho ou de peso!! se valorize, se imponha, se ame, se respeite, exija !!! Porque nós merecemos!!!

1 comentários:

Noemi Tatiana disse...

Adorei a metéria... e acredito sim, que nãosão todas as meninas que possuem vocação para serem modelos. Parabéns!!!!

Postar um comentário

Obrigada pelo seu comentário!!

Copyright © 2011 Cris Miranda | Design by: Alan Designs